Treze Vidas: os 10 melhores filmes de Ron Howard, segundo o Letterboxd

O público em todo o mundo está adorando o último filme de Ron Howard, Treze Vidas, que é tão intenso que fez com que o protagonista Colin Farrell supostamente sofresse de ataques de pânico durante as filmagens. O filme detalha o resgate perigoso na vida real de 12 meninos e seu treinador de futebol de uma caverna inundada na Tailândia.

Ron Howard tem proporcionado ao público grandes filmes há muitos anos, mas Treze Vidas é sem dúvida um dos seus melhores em alguns anos. É tenso, emocionante e instigante de todas as maneiras certas, com performances de destaque de Farrell e sua co-estrela, Viggo Mortensen. Os fãs do filme devem conferir os outros filmes com melhor classificação de Howard, classificados aqui pelo Letterboxd.

10 Reconstruindo o Paraíso (2020) – 3.5/5

Em um de seus documentários mais atuais até hoje, Ron Howard explora o perigo onipresente dos incêndios florestais na América, navegando pelas consequências mortais e consequências difíceis para muitas das famílias que perderam suas propriedades para os incêndios. Não só é Reconstruindo o paraíso um de seus filmes mais bonitos até hoje, mas é sem dúvida também um dos mais importantes.

Reconstruindo o paraíso certamente não é a primeira tentativa de Howard em fazer documentários, e isso fica claro pelo nível de talento técnico e experiência em exibição. O filme se move em um ritmo divertido, sempre mantendo as figuras centrais no centro da história.

9 Pavarotti (2019) – 3,5/5

Outro dos aclamados documentários de Ron Howard, Pavarotti explora a vida e a carreira de Luciano Pavarotti, um dos mais famosos cantores de ópera que já viveu. Ele oferece uma análise extremamente íntima da figura, com o principal destaque do filme sendo a filmagem nunca antes vista do show do falecido cantor.

Como em todos os seus documentários, Howard prova com Pavarotti que ele entende exatamente o que é importante nesses tipos de histórias. Ele negligencia as informações que o público não precisa necessariamente saber, concentrando-se nas realizações do cantor e nos marcos da vida.

8 Frost/Nixon (2008) – 3.6/5

Muitos fãs de cinema consideram Ron Howard Frost/Nixon para ser um dos melhores dramas históricos já feitos, e é óbvio o porquê – o filme é incrivelmente envolvente e perspicaz, recontando as entrevistas icônicas que David Frost conduziu com Richard Nixon nas consequências do escândalo Watergate.

Nixon foi, sem dúvida, um dos presidentes mais controversos e escandalosos da América, então Howard vai muito além do nível superficial desta história e oferece uma visão pungente sobre a vida e o mandato de Nixon na Casa Branca. É um filme incrivelmente atuado e bem produzido que lança muita luz sobre um dos maiores escândalos da América.

leitura  Psicólogo: Onde eles estão agora?

7 Nós Alimentamos Pessoas (2022) – 3.6/5

Uma das entradas mais recentes de Howard em seu top 10, Nós Alimentamos Pessoas é um documentário incrivelmente importante que segue a carreira de Jose Andres, um chef profissional que fornece comida para comunidades que lutam contra desastres por meio de sua organização sem fins lucrativos, a World Central Kitchen.

Howard tem o hábito de escolher figuras admiráveis ​​e altruístas como temas de seus documentários, e Nós Alimentamos Pessoas não é diferente. Andrés é essa pessoa, e o documentário acompanha sua história de forma inspiradora, tornando-o um dos melhores documentários de 2022, até agora.

6 Homem Cinderela (2005) – 3.6/5

Homem Cinderela é um dos filmes mais conhecidos de Ron Howard até hoje, contando a história de um boxeador profissional chamado James J. Braddock que se vê forçado a deixar a aposentadoria para sobreviver durante a Grande Depressão. É um ótimo filme de esportes e também um exame impressionante da instabilidade financeira dos Estados Unidos.

Homem Cinderela é uma das maiores histórias de azarão já contadas, e é por isso que a história ressoou com tantos públicos em todo o mundo. É inspirador e poderoso sem nunca ser muito sensacionalista, o que cria um estilo único que Ron Howard captura tão bem.

5 Treze Vidas (2022) – 3.7/5

Dificilmente havia uma pessoa no mundo que não seguisse a história do resgate da caverna de Tham Luang em 2018, quando 12 meninos e seu treinador foram resgatados de uma caverna inundada por uma equipe especializada de mergulhadores internacionais – e o último filme de Howard recria efetivamente esta tragédia de uma forma emocionante e implacavelmente intensa.

Apesar da direção eficaz e do cinema inventivo de Howard, o destaque de Treze Vidas é definitivamente as performances principais de Colin Farrell e Viggo Mortensen – com ambos interpretando personagens extremamente fundamentados e naturalistas de uma maneira muito convincente. Em particular, Mortensen faz Treze Vidas um de seus melhores filmes através de uma performance extremamente sutil e cheia de nuances.

4 Apollo 13 (1995) – 3.7/5

Quase todo mundo estará familiarizado com a história da Apollo 11, que levou a humanidade à superfície da lua pela primeira vez – mas menos reconhecerão a história da Apollo 13, a missão malfadada e subestimada do programa. Howard finalmente conta esta história emocionante em Apolo 13, seguindo a missão em detalhes astutos.

O filme mostra Tom Hanks, Bill Paxton e Kevin Bacon nos três papéis principais como os astronautas da NASA Lovell, Haise e Swigert, respectivamente – que se viram presos no espaço depois que a espaçonave Apollo 13 falhou durante sua missão. O filme é extremamente intenso e arrepiante, lançando luz sobre um evento quase trágico que surpreendentemente poucas pessoas estão cientes.

leitura  Star Wars: 10 citações que resumem Anakin Skywalker como personagem

3 Corrida (2013) – 3,7/5

Niki Lauda e James Hunt tiveram uma das rivalidades esportivas mais famosas de todos os tempos, então não é surpresa que seu relacionamento complexo tenha feito um filme tão envolvente com Ron Howard. Correr. Interpretados por Daniel Bruhl e Chris Hemsworth, os dois personagens têm muito tempo para brilhar neste filme emocionante.

Para os fãs de filmes esportivos, Correr tem praticamente tudo o que se poderia esperar: uma narrativa convincente, algumas sequências de corrida emocionantes e uma história inspiradora de ambição e resiliência que é contada através da rivalidade da vida real entre Lauda e Hunt.

2 Uma Mente Brilhante (2001) – 3.8/5

Embora muitas pessoas critiquem Uma Mente Brilhante por sua história convencional e estereotipada, que na verdade não poderia estar mais longe da verdade. Howard exibe um talento narrativo seriamente ousado neste filme, mantendo a verdadeira história de John Nash emocionante e imprevisível do começo ao fim.

Russell Crowe obviamente fornece uma de suas performances mais aclamadas no filme, chegando a ganhar uma indicação ao Oscar por seu trabalho. Ele dá vida a John Nash de uma maneira incrivelmente convincente e relacionável, o que torna sua história muito mais trágica.

1 Oito dias por semana – The Touring Years (2016) – 3,8/5

Os Beatles foram inegavelmente uma das maiores e mais inovadoras bandas de todos os tempos, e o documentário íntimo de Ron Howard sobre seus primeiros anos mostra perfeitamente o charme e o carisma que inspiraram o fenômeno mundial da Beatlemania.

Através de entrevistas tocantes com McCartney e Starr (e imagens existentes de Lennon e Harrison), o filme pinta uma imagem clara dos Beatles que transmite com precisão exatamente por que eles eram tão amados – além de apenas sua música. A grandeza musical e a surpreendente intimidade fazem Oito dias por semana um dos melhores filmes de Ron Howard.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

aleatório

Hipoteca também é conhecida como "empréstimo garantido por casa" ou "refinanciamento de propriedade". É um tipo de empréstimo em que o devedor coloca um imóvel como garantia para garantir o pagamento da dívida.