Por que tantos filmes de James Cameron incluem histórias de amor explicadas

James camerono diretor de Avatar: O Caminho da Água, fala sobre os motivos pelos quais costuma apresentar histórias de amor em seus filmes. Cameron está por trás de alguns dos maiores sucessos de bilheteria já feitos, lançando sua carreira com O Exterminador do Futuro, que deu início a uma franquia. Depois disso, dirigiu Exterminador do Futuro 2: Dia do Julgamento, alienígenase mentiras verdadeiras antes de fazer Titânico, que passou a ser o filme de maior bilheteria de todos os tempos. Cameron então superou do Titanic números de bilheteria com avatar, que já acumulou mais de $ 2,9 bilhões em todo o mundo desde seu lançamento em 2009, tornando-se o filme de maior bilheteria de todos os tempos. Embora a maior parte do trabalho de Cameron caia em território de ação e ficção científica, um tema comum percorre sua filmografia, com histórias de amor frequentemente desempenhando um papel central.

Ao falar com Império revista, Cameron se abriu sobre por que as histórias de amor são tão proeminentes em seus filmes. Enquanto Titânico é o mais óbvio de seus filmes para destacar o romance, Cameron elabora seus outros trabalhos, falando sobre como eles começam como projetos de gênero, como o Exterminador do Futuro ou O abismo. No entanto, o diretor então trabalha em “como criar riscos emocionais reais para os personagens,” o que acaba levando a ele incluindo histórias de amor. Confira abaixo os comentários de Cameron sobre histórias de amor em seus filmes:

“Eu sempre disse ‘todos os meus filmes são histórias de amor’, mas não diria que meu processo criativo necessariamente começa aí, exceto pelo óbvio: Titanic. Eu lancei como ‘Romeu e Julieta em um navio afundando, ” então foi uma história de amor desde o início. Com outros, como O Exterminador do Futuro e O Abismo, eles começaram como histórias de gênero – “um assassino que viaja no tempo mirando em uma pessoa insignificante cuja existência tem grande significado no futuro”. ou no caso de The Abyss, uma frase de alto conceito: “Encontros Imediatos debaixo d’água.” Mas então, enquanto tento descobrir como criar riscos emocionais reais para os personagens, minhas histórias de alguma forma sempre se tornam histórias de amor. Sempre acreditei que, para ser verdadeiramente heróico, um personagem deve colocar outra pessoa antes de si mesmo e estar disposto a fazer o sacrifício final, se necessário. Portanto, a história de amor é o meu caminho para criar personagens poderosos e heróicos. Pode ser um novo amor (O Exterminador do Futuro, Titanic, Avatar), pode ser um casamento sendo testado (Th e Abyss, True Lies), pode ser o amor de um pai por um filho (Terminator 2, Aliens e Avatar: The Way Of Water). Acho que sou apenas um romântico de coração.”

Como Avatar 2 continua a tendência de história de amor de Cameron

Sam Worthington em Avatar O Caminho da Água

Com Avatar: O Caminho da Água devido a chegar aos cinemas em breve, os trailers indicam que o uso de histórias de amor por Cameron provavelmente continuará na sequência. O diretor já incorporou histórias de amor em seus filmes de ação de alto nível antes, como Harry e Helen em mentiras verdadeirasSarah Conner e Kyle Reese em o Exterminador do Futuroe até mesmo a relação pseudo-mãe-filha de Ripley e Newt em alienígenas. O lançamento do avatar deu ao público o mesmo, apresentando ação épica em meio a uma história de amor entre Jake Sully, de Sam Worthington, e Neytiri, de Zoe Saldaña.

reboques para Avatar: O Caminho da Água mostraram que Jake e Neytiri começaram uma família desde o primeiro filme. Com o filme aparentemente apresentando a dinâmica familiar de forma tão proeminente, Cameron já definiu os riscos emocionais. Embora a ação deva ser um espetáculo de se ver, o cerne da história mostrará sua família lutando para lidar com ameaças novas e familiares ao seu mundo natal, Pandora, o que provavelmente os colocará em perigo. O romance de Jake e Neytiri ainda parece ser um componente chave, mas é provável que agora os riscos emocionais os vejam lutando por seus filhos, tornando a história de amor presente no filme mais do que entre pais e filhos.

Muitos detalhes ao redor Avatar: O Caminho da Água ainda estão em sigilo. No entanto, com os filmes anteriores de Cameron e sua dependência de histórias de amor para prender o público, a sequência está pronta para oferecer o mesmo de maneiras novas e emocionantes. Então, enquanto o público sabe James cameron pode entregar a ação em Avatar: O Caminho da Águao filme certamente também destacará outra história de amor, mantendo o público prendendo a respiração a cada momento tenso.

Fonte: Império